sábado, 28 de julho de 2007

Ericeira (ou A Ida à Praia do Sul)


Mais um ano que passa e a mesma situação. A Junta de Freguesia da Ericeira e a EB1 local juntaram-se para provocar um enorme mal-estar em todos os donos de cães.
Fotografámos as placas para mostrar a fraca qualidade gráfica e elevada carga de agressão gratuita.
Vou investigar que professor e em que disciplina é desenvolvida tal campanha que, em vez de incentivar os donos a terem um comportamento cívico e correcto, trata-os como se estivessem a cometer um crime. Basicamente existe um cão a fazer as suas necessidades e uma criança mais pequena que o cão (segundo a lei da perspectiva afectiva este cão tem uma grande importância para a criança que o fez; ou seja, a criança que fez o desenho queria evidenciar o cão). Ttrata-se de um desenho bem feito mas mal usado.
Em termos legais, a placa está abusiva, na medida em que não clarifica o que é uma praia e neste caso apenas se refere ao areal.
E eu que nem gosto de praia, não gosto de ver o ambiente de perseguição que existe entre toda a gente e alguns fervem em pouca água...
Fomos à capitania mas os oficiais estavam a tomar conta da baleia... Uma senhora da secretaria ficou histérica com o assunto, mas foi acalmada por alguém que chegou e disse que eu só não podia estar na areia e que as crianças quiseram fazer alguma coisa com impacto. Bela brincadeira...

De resto pensamos que a Junta de Freguesia da Ericeira tem feito um excelente trabalho para manter a vila limpa e com a qualidade que gostamos. Tem um site www.jf-ericeira.pt com muitas informações e uma parte para deixar recados...


Este ficou cá em cima, eu estive no passeio onde via os donos pela vigia do muro. A doninha teve a 1ª aula de bodyboard, assim que acabou viemos todos embora.

11 comentários:

LisbonGirl disse...

Que triste!:(

Deviam ajudar as crianças a estar vigilantes contra os maus tratos a animais!

As crianças e os animais são os melhores amigos do MUNDO! devem ser incentivadas a trocar afectos!


Que cartaz feio!:(

Van Dog disse...

Boa, Caniche! Vou fazer um link no blog. É uma vergonha...

Bhixma disse...

É uma vergonha... em Portugal - contrariamente aos países civilizados europeus - os cães são sistematicamente perseguidos. Triste país...

Cléo disse...

Boa Caniche! Tens mais jeito para as fotos que eu...
Quanto mais divulgaramos este contrasenso mais alertamos as mentalidades para o beneficio dos animais na educação e desenvolvimento das crianças.

CAP CRÉUS disse...

E ainda ganhas uma foto de graça!
São uns tristes, é o que são!
Esse areal, tal como muitos por esse País fora, deve estar cheio de beatas!

Mini disse...

Muito triste...

o_cao_que_morde disse...

Não tenho muito a dizer mas estou a passar numa campanha contra a descriminação animal tudo é proibido

greentea disse...

para além disso , seria bom que certas ma~ezinhas não deixassem os seus filhos sujar a praia com os seus deliciosos xixis e cocós, com as fraldas descartaveis, as latinhas do sumo , os restos do lanche e o pacotinho do leite...
Um cão talvez faça muito menos sujidade na praia que certos adultos e certas criancinhas mal ensinadas. Ensinem a proteger a natureza e a amar os animais , não a marginalisá-los!!
Para lá de Espanha , os animais entram em todo o lado - praias, pastelarias , restaurantes , jardins, hoteis, transportes ... tudo, com cães ensinados , tratados e donos educados!!

Bixus disse...

Embora a maior parte da família Bixus viva muito longe da praia, estamos solidários!
Só o pobre Luca vive junto à praia, e teve que se conformar e só a visitar no Inverno...

Pandora disse...

O grande problema está na educação dos humanos, que infelismente está muito longe de ser ideal.
A começar pelo presidente da junta que deve ser louco, passando pelos professores das escolas que não devem ter os cinco alqueires bem medidos, e terminando pelos pais , que devem ter deixado a educação de férias em algum pais fora do planeta.
Enfim, gosto muito da Ericeira, mas não gostaria de educar aí as minhas filhas, pois certamente haveria rixas entre elas e todos os outros.
Beijos.

Chat Gris disse...

Pois eu, apesar de detestar praia e ambientes afins, também estou solidário. São uma vergonha cães e gatos perdidos nas cidades deste país... (na minha cidade também
:(, que vou vendo a rua de soslaio nas noites quentes).
Miauuuuuu!