quinta-feira, 22 de maio de 2008

A Calçada


A calçada foi uma coisa bem inventada, torna a cidade mais clara e é uma forma de absorver a água da chuva, fazendo com que o pavimento não fique molhado durante muito tempo.
Mas este tipo de pavimento que é tão bonito, também pode ser bastante traiçoeiro.
Ora imaginem que quando eu ia a passear pela rua, depois de ter contornado ou saltado por cima de várias elevações causadas pelas raízes e alguns buracos com amontoados de pedras soltas (que os senhores das obras, quando acabam, nunca voltam a colocar no sítio como deve ser), tive de enfrentar a dura humilhação de ficar com a pata presa numa ranhura do empedrado... por instantes, lá fiquei eu como aquelas senhoras que entalam o salto do sapato!
Oh, vida dura...

7 comentários:

Ana Pais disse...

Pobre canito! A calçada tem destas coisas... e d'outras... ainda há dias tive que descer a R. Garrett com pezinhos de lã para as minhas solas solas não escorregarem. Mas mesmo assim "Viva a calçada portuguesa!!!"

Thor disse...

Pobre Max! Mas as calçadas portuguesas são muito bonitas!

Thor

Rocky disse...

Tadinho!

Gonças&Miana disse...

cnNão há direito!!MAx, não seria boa ideia começares a usar botas?
Não podes estragar as unhas para o casamento!
Senhores calceteiros, vejam o que fazem, abram os olhinhos e em vez de assobiarem às meninas que passam na rua, ponham as pedras no lugar!

Chat Gris disse...

Mas não te magoaste, pois não?

Van Dog disse...

aiaiai... pobre Caniche!
Se usares botas, que não tenham solas de borracha: escorregam imeeenso nas calçadas...
(belas fotografias!)

Cléo disse...

Tadinho Caniche!Espero que não tenhas magoada a patinha!