segunda-feira, 14 de julho de 2008

Cocó de Pombo...


... na varanda, mas que porcaria! Não se pode dar muita confiança a esses bichos, são do pior! Então quando se juntam em família... não há quem os ature!!!

13 comentários:

Sailor Girl disse...

Sempre vai havendo... Mas sem reconhecimento, nem agradecimento!...

Chat Gris disse...

ugh!... também não gosto muito deles...que, ao contrário de mim, são muito pouco limpinhos...

caniche vagabundo disse...

O que queres dizer com isso, Sailor girl?... Os pombos, para além de fazerem cocó nas varandas ainda são mal-agradecidos?!

Sailor Girl disse...

LOL, não Max... referia-me à parte final («não há quem os ature»).

Entretanto a Kuka Girl já caçou outra vez. Curiosamente é sempre quando eu não estou em casa. A Sailor Mom está desesperada e não sabe o que fazer... Aceita-se sugestões.

Festinha, Max.

Thor disse...

Argh! Que eca!

Thor

Van Dog disse...

Beurck.... e pensar que as minhas orelhas passeiam sobre os passeios, que muitas vezes têm esses "adereços"...

Bixus disse...

Coitados dos pombos, também têm direito!!!
São porquinhos, é verdade...
Vocês sabiam que os pombos são fiéis aos seus companheiros? Quando escolhem um(a) namorado(a) é para a vida! Ao contrário de "uns e outros"?... ;-)

caniche vagabundo disse...

Ihhhh... tenho que ir já a correr contar essa novidade a umas certas pessoas!!! Obrigado pela informação, Bixus!


(mas espera lá... essa de "uns e outros" era para mim?! ... eu agora tenho andado tão quieto, solteirinho e bom rapaz!)

RAQUEL SABINO PEREIRA disse...

Está um livro novo no pombal, quero dizer, no prelo!!!!

(alguém que me ajude com a Kuka, que hoje mordeu numa gaivota que a ia levando pelas patas pela varanda fora!!!)

Davis, o nosso shar pei disse...

São muitos,realmente quando se juntam o estrago é enorme!Gostam de pintura abstracta...:-)...e a gente que os ature!

Van Dog disse...

Da fama já não te livras, Caniche! ;)

Bixus disse...

Nós cá não somos de intrigas...

RAQUEL SABINO PEREIRA disse...

Canichinho lindo! Além do Livro que pus ontem no Pombal (e que ainda está no prelo), pus também um muito engraçado no Atlântico Azul!