sábado, 1 de agosto de 2009

XV Bienal de Cerveira 09



O que eu ainda não tinha contado, era a razão da minha viagem ao Minho. Mas conto agora: fui ver a Bienal de Cerveira, onde a minha dona Teresa tem duas pinturas e passei em Paredes de Coura para ver a exposição do Miguel d'Alte, também integrada na bienal.


E aqui estou eu (em "ponto pequeno"), à noite, em Vila Nova de Cerveira, depois de um belo jantar com os artistas Ema M e Rui Macedo, de quem eu já vos tinha falado aqui.

6 comentários:

Thor disse...

Quantos compromissos!:)

Van Dog disse...

Uau! Maravilha, Max!
E tu sempre a acompanhares essas andanças... Isso é que é total integração! Uauff!

JPinto disse...

Que agenda ocupada...

Coimbra Space

Xana disse...

Bem mas que passiatas boas!Tb estive em Paredes de Coura agora no Festival,e realmente o Norte é simplesmente deslumbrante.
Boas Férias miudo!
Bjs
Susana Girão

Alexandre Correia disse...

Olá Max!

Para o cão que era o segredo melhor guardado da Igreja, um pouco de actividade cultural só faz bem, mas achava mais adequada a participação em romarias religiosas, como só no Minho acontecem. Essa imagem à porta da Igreja de V.N.Cerveira parece-me que foi só para inglês ver. Nem uma velinha acesa...

Dá um abraço aos donos!

Alex

Rute disse...

Que lindo :)