sexta-feira, 14 de março de 2008

Um palmo à frente do nariz


Ando a ficar pitosga!
Não é de agora, já vem do tempo em que o meu dono estava convencido que eu era um Cão de Água e, por essa razão, não me cortava o pelo à frente dos olhos (o que me fazia ir contra as paredes, portas, paragens de autocarro, montras, etc.)
A Ana Pais disse aqui que já me tinha visto a ladrar para o nada e eu fiquei a pensar no assunto... é que, de facto, já me aconteceu ladrar para sacos de plástico abandonados com uma asinha a esvoaçar ao vento, ou para chapéus de chuva todos tortos, todos partidos, caídos na rua (coisa que é frequente ver depois de um temporal, nem precisa de ser um temporal muito grande...).
Ora isso leva-me a crer que estou mesmo a ver cada vez pior! Qualquer dia nem vejo um palmo à frente do nariz...

7 comentários:

Van Dog disse...

Tu não te preocupes, Caniche. O teu nariz vai melhorando se os teus olhos começarem a ver menos. (o que dá para topar uma cadelinha interessante a léguas...;)

Cléo disse...

Caniche, não te rales amigo, não te esqueças que temos o olfacto para as coisas mais importantes.
Passa pela funschooldog, há novidades!
Beijoquinhas

LisbonGirl disse...

Vês joaninhas! Tão lindas! No outro dia também vi uma e lembrei-me logo de ti! Festinhas, Canichinho querido!

Rocky disse...

Pois é Caniche, se a tua visão ficar mais fraca, os outros sentidos apuram-se...
Lambidelas ;p

caniche vagabundo disse...

Acho que têm razão, amigos!

domino disse...

Fazes como eu! Libestas a imaginação.... ;)

domino disse...

ops... libertas...